cabjalapao2021-01.jpg
 

No coração do Brasil, em meio à imensidão da Serra Geral, com seus rios de água pura e cristalina, praias paradisíacas, natureza agreste e primitiva existe uma das últimas regiões onde a Natureza se mantém intacta: O JALAPÃO.

 

Chamado de Deserto do Jalapão, é na realidade um grande Oásis, pois, apesar do solo arenoso, esta região serrana possui nascentes e belas cachoeiras, além de uma grande diversidade de Flora e Fauna do Cerrado.

 

O início é em Palmas, capital do Tocantins, e a jornada de encantos e descobertas é feita em veículos especialmente adaptados. As atividades do roteiro são variadas: Caminhadas e banhos em praias fluviais, canoagem e safári fotográfico, contemplar o Pôr-do-Sol do alto das Dunas e o brilho das estrelas ao redor de uma fogueira amiga... E além da lembrança do que vai vivenciar você poderá trazer o artesanato feito com o nobre Capim Dourado. Preparado(a)?! Vamos lá!

Relação dos Vôos

voos.jpg

Hospedagem

Hotel Girassol Plaza – 28 a 29/09 e 04 a 05/10

 

Safari Camp Korubo – 29/09 a 02/10

 

Ponte Alta – 02 a 04/10

Previsão Temperatura

A temperatura no Jalapão varia de 30º a 35ºC durante o dia e as noites costumam ser frescas ou frias, a temperatura varia de 13 a 23ºC

Amigos de Viagem

  • CARIN TORNQUIST

  • LUZIA FONTOURA KLOHS

  • ILMA NEUMANN POTRICH

  • LUCI ZENI DE LIMA

  • PATRICIA SCHIVITZ ZAGO

  • MAURO GABRIEL ZAGO                

  • HELENA MARIA LAMONATTO      

  • ALDINO JOÃO LAMONATTO         

  • MAURICIO ALEXANDRE KUNTZLER       

  • NEIVA TERESINHA DE ANDRADE KUNTZLER  

  • ANA LUCIA LESSINGER (ACOMPANHANTE PARALELO 30)    

 

Roteiro dia-a-dia

28 de Setembro – Terça-feira: Porto Alegre / Palmas

 

Chegada em Palmas, capital planejada e a mais nova do Brasil. Recepção no aeroporto e traslado para acomodação em Palmas no hotel Girassol Plaza (28 km em asfalto) Pernoite em Palmas.

29 de Setembro – Quarta-feira: Palmas / Jalapão - Safari Camp Korubo

 

Após o café da manhã em Palmas, aproximadamente as 08:15h saída em direção ao Jalapão. (180 km em asfalto até Ponte Alta). No caminho passaremos no distrito de Taquaruçu, um dos polos de turismo da capital. Almoço na cidade de Ponte Alta. Aqui acaba o asfalto e a cidade é o último local que se pode comprar protetor solar, repelente, etc.… Parada no Cânion da Suçuapara, um verdadeiro oásis, bem refrescante (trilha curta com descida e subida íngreme em terreno firme de cascalho e terra – aproximadamente 400 m ida e volta. No acesso ao cânion, caminhada curta dentro de água e sobre pedras. Seguiremos então em direção à misteriosa Serra da Muriçoca, onde no caminho cruzaremos as nascentes do rio Vermelho margeando a parte oeste da Estação Ecológica da Serra Geral do Tocantins. No alto da serra, se vislumbra toda a imensidão do Jalapão e podemos identificar a Serra da Jalapinha, a Serra do Espírito Santo e mais longe no horizonte a Serra Geral da Bahia. Ao final do dia chegada ao Safari Camp Korubo (120 km em estrada de terra), localizado às margens do rio Novo, onde o guia e colaboradores irão apresentar e dar dicas sobre o dia a dia no camp. Após um drink de boas-vindas será servido o jantar. Pernoite no Safári Camp KORUBO

30 de Setembro – Quinta-feira: Jalapão Safari Camp

 

Neste dia quem desejar pode acordar um pouco mais tarde e para os mais dispostos, sugerimos solicitar ao guia que os acorde bem cedo para ir até o Mirante do Safari Camp para apreciar o nascer do sol atrás da linda Serra do Espírito Santo e de lá também é possível utilizar o telescópio terrestre para avistar as serras ao redor do camp e as falésias que formam as Dunas do Jalapão. Após o delicioso café da manhã às margens do rio, Saída para Trilha do Cerrado. No retorno, almoço no Safari Camp. À tarde após um merecido descanso no redário ou prainha do Safari Camp, faremos um passeio até as Dunas (traslado de 18 km do Safari Camp até o início da trilha - nível fácil). No trajeto passaremos pela Comunidade do rio Novo com uma breve parada na ponte para fotos do rio e suas corredeiras. As Dunas são formadas por areias de quartzo de coloração dourada e cercadas por imensos chapadões, veredas e lagoas, formando um visual surreal e de natureza pujante com gigantescas falésias que mudam de cor de acordo com a luminosidade proporcionando um belíssimo pôr-do-sol. Jantar e pernoite no Safari Camp KORUBO.

01 de Outubro – Sexta-feira: Jalapão Safari Camp

 

Após café da manhã, partida para fervedouro e cachoeira da Formiga. Os fervedouros são nascentes de águas cristalinas e com fundo de areia branca. Devido à pressão da água que nasce é impossível afundar, e teremos a sensação de realmente flutuarmos nas suas águas; é pura diversão. No percurso atravessaremos o Vale do rio Preto, entre as Serras do Meio e do Espírito Santo. Do lado esquerdo estará o Parque Estadual do Jalapão, e do outro a parte leste da Estação Ecológica da Serra Geral, que juntos ajudam a formar o maior mosaico de áreas protegidas do cerrado brasileiro. Esta rota é rica em visuais e isto convida aos viajantes a se posicionarem nas janelas e mirantes dos veículos para sentir o ar puro, apreciando a paisagem, e tirar fotos. Chegada ao Fervedouro do Soninho - exclusividade Korubo (75 km em estrada de terra). No local também é possível tomar um banho nas águas do rio Sono, um dos principais afluentes do rio Tocantins, onde a água gelada contrasta com a água quentinha do fervedouro. Dependendo da disponibilidade e de tempo, poderemos também visitar o Fervedouro do Ceiça Glorinha (pequeno fervedouro com capacidade limitada). Almoço no posto avançado da Korubo próximo ao fervedouro do Soninho. Saída em direção a Cachoeira da Formiga (15 km em estrada de terra), uma queda que forma uma piscina natural de águas cristalinas e de cor verde esmeralda, uma experiência única no Jalapão. Partida para Mateiros (25 km em estrada de terra), onde se pode usar o celular e comprar artesanato do capim dourado, sorvete, etc.… Jantar e pernoite no Safari Camp KORUBO

02 de Outubro – Sábado: Jalapão / Ponte Alta

 

Para viajantes que optarem pela extensão Serras Gerais, após a visita à Cachoeira da Velha e Prainha (incluídas na programação normal do Safari no Jalapão), ao invés de retorno para Palmas parada para pernoite em pousada simples em Ponte Alta.

 

 

03 de Outubro – Domingo: Ponte Alta / Pindorama / Pedra Furada / Ponte Alta

 

Após café da manhã, saída em direção a Pindorama do Tocantins. Pindorama é um município localizado nas Serras Gerais do Brasil, e da lá iremos para a Lagoa do Japonês. Total de 57 Km de Asfalto e 28 Km de Estrada de chão. Serras e paredões de calcário surgem no meio do cerrado e formam um verdadeiro oásis. De dentro de uma linda gruta de calcário, há uma nascente de água cristalina formando uma das lagoas mais bonitas da região. Um cenário perfeito para flutuação, snorkel ou simplesmente relaxar em suas águas transparentes. Parada para almoço. Na parte da tarde, saída para contemplação do pôr do Sol na Pedra Furada (35 Km de Ponte Alta). Um gigantesco conjunto de blocos areníticos conhecidos como Morros Testemunho foram esculpidos pelos ventos há milhões de anos e reinam solitários na paisagem. Sua beleza cênica dá um toque místico ao atrativo. Ao final da tarde, revoada de pássaros chegam ao local onde se aninham para passar a noite que em conjunto com o pôr do sol proporcionam um belo espetáculo. Retorno a Ponte Alta para jantar e pernoite na pousada simples.

04 de Outubro – Segunda-feira: Ponte Alta / Palmas

 

Café da manhã na pousada em Ponte Alta. Deslocamento para Palmas. City tour visitando o Museu Histórico do Tocantins, Grande Praça dos Girassóis , Relógio do SOL, Memorial Coluna Prestes, Centro Geodésico do Brasil, Cascata do Palácio, Palácio Araguaia com seus painéis, Parque Césarmar, Praias do Rio Tocantins, Ponte da Amizade e Integração Nacional, Espaço cultural. Retorno à tarde para o hotel. Pernoite no Hotel Girassol Plaza

05 de Outubro – Terça-feira: Palmas / Porto Alegre

 

Em horário oportuno, traslado para aeroporto, para embarque em voo com destino a Porto Alegre com conexões. Chegada a Porto Alegre e ... até a próxima viagem.

 

O que levar

  • Lanterna (levar pilhas extras)

  • Power Bank (carregador de baterias) para quem utilizar celular para tirar fotos.

  • Toalhas de Banho e passeios

  • Croc, Papete ou tênis leve para canoagem

  • Tênis para caminhada

  • Camiseta de manga comprida (para proteção solar)

  • Agasalho, pois a temperatura cai a noite

  • Calça leve (preferencia de tactel)

  • Protetor solar, chapéu ou boné

  • Mochila pequena para levar nos passeios

  • Chinelo havaiana

  • Repelente

  • Sunga / Biquíni

  • Óculos Escuros

  • Snorkel (máscara de mergulho – opcional)

  • Artigos de Higiene pessoais (sabonete, xampu, pasta de dente, etc...)

  • Medicamentos de uso pessoal Ex. Analgesicos, anti alérgicos, remédios para enjoos, etc. ATENCÃO: Não há farmácias na região e a Korubo e seus funcionários não podem medicar seus hospedes

VEJA ABAIXO UM VÍDEO CONTENDO TODAS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE LEVAR PARA O JALAPÃO.

 

Dicas

Mapa com distâncias: 

  • Palmas – Ponte Alta (asfalto) 180km

  • Ponte Alta – Canyon de Sussuapara 18km

  • Ponte Alta – Safári Camp (terra) – 120 km

  • Total Palmas – Safari Camp - 300 Km)

  • Safári Camp – Mateiros – 50 km

  • Safári Camp – Dunas - 18 km

  • Safári Camp – Fervedouro/Formiga – 68 km

  • Safári Camp – Mirante da Serra – 28 km

  • Safári Camp – Cachoeira da Velha – 78 km

  • Cachoeira da Velha – Palmas – 280 km

Estrutura do Safari Camp

  • Localizado à beira do Rio Novo, com prainha particular.

  • 15 Tendas estilo africano.

  • Cada tenda para 2 pessoas com banheiro individual.

  • Salas de Banho – separadas em masculina e feminina com boxes individuais e duchas com aquecimento solar.

  • Energia - Não temos energia elétrica (para não tirar o brilho do céu). Nas tendas há pequenos Leds (lampadinhas) à energia solar e ilumina apenas para os clientes se "situarem".

  • Carregamento câmeras - Temos inversor com placas solares e é possível carregar equipamentos como câmeras e filmadoras. (não é possivel carregar Notebook e Ipad) O uso é limitado de acordo com as condições solares e também do tamanho grupo.

  • Sinal de Celular Não há sinal para telefonia celular, porém, possuímos telefones via satélite, para uso em casos de emergências. Em alguns pontos do Jalapão pega Oi, Claro e Vivo.

 

Informações úteis

  • Avisar com antecedência se há alguma restrição alimentar para avaliarmos da possibilidade de poder receber o cliente na expedição.

  • O Jalapão é uma região remota e não há nenhum tipo de infra-estrutura. O Posto de Saúde / Hospital mais próximo está a 50km, na cidade de Mateiros.

VEJA ABAIXO UM VÍDEO DA REUNIÃO PREPARATÓRIA DA VIAGEM

Untitled-1.jpg